Richard Dawkins sugere abortar bebês com síndrome de down

Richard Dawkins é conhecido como um “Deus” para os ateus. Apesar de soar contraditório, ele se destacou justamente pelo seu ceticismo. Mas de uns tempos pra cá, ele vem se destacando mais por suas afirmações polêmicas sobre temas delicados, como estupro ou aborto.

Em discussão no Twitter, Dawkins afirmou que seria imoral trazer ao mundo crianças com diagnóstico precoce de síndrome de down, ainda no período inicial de gestação, num momento em que o feto ainda não tem as sensações humanas. Para ele, o correto seria “abortar e tentar de novo”.

A questão não é simples como parece. Creio que a maioria dos pais, sabendo que seu bebê iria nascer com síndrome de down, tendo a opção de interromper a gravidez em momento adequado optariam pelo procedimento. A questão aqui não é o aborto em si, é se a síndrome de down inviabiliza ou não a vida humana.

ds1

Gosto de acreditar que não. Hoje a compreensão sobre a síndrome de down é infinitamente maior que antes. Apesar de ainda haver preconceito, portadores dessa condição estão bem mais incluídos na sociedade e podem levar vidas normais e ser produtivas.

Meu problema é com a forma como Richard Dawkins se refere a fetos (e consequentemente, pessoas já nascidas) diagnosticados com a síndrome, como se fossem algo simplesmente descartável. Psicologicamente falando, um aborto afeta muito um casal, principalmente a mulher. Não é fácil receber uma notícia como essa e não se pode tratar a questão como pura matemática, de forma totalmente objetiva.

Por acreditar que a síndrome de down não inviabiliza a vida de nenhuma forma, mesmo podendo exigir cuidados adicionais para quem a possui, eu não optaria pelo aborto. Minha esposa concorda comigo nesse aspecto. Se acontecesse conosco, receberíamos o bebê com o mesmo amor com que recebemos João e Tomaz. Porém, não sei se eu condenaria quem optasse pelo aborto.

Outra coisa que eu tenho certeza: Richard Dawkins perdeu a mão faz tempo. O que você pensa a respeito? Comente.

Comentários

comentários

Comments (6)
  1. Hawk 22/08/2014
  2. Leonardo Ambrosio 22/08/2014
  3. Luilton Pires 22/08/2014
  4. Tango 22/08/2014
  5. Guilherme Dias 23/08/2014
    • Marcel 27/08/2014

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *