Primeiro a diversão, depois a falta de noção

Sempre que posso eu vou com João para o parque. Aqui onde moro, em Recife, há um parque muito legal chamado Parque da Jaqueira, que por sorte é muito próximo da nossa casa. Não dá nem 5 minutos de carro se não tiver trânsito. Tem brinquedos, árvores, gramado, terra, tudo o que uma criança precisa pra se divertir.

Hoje fomos lá pela manhã encontrar minha irmã e Vicente, o primo de João. Gangorra, escorrego, escada, corre pra cá, corre pra lá, bebe água, come biscoito, escorrega daqui, pula dali e tome diversão. Fico feliz que apesar de muito pequenos (Vicente tem a mesma idade de João, é uma semana mais novo) eles já criam laços de amizade. Dá pra ver que um gosta muito do outro.

WP_20140831_013

Em determinado momento, notei uma mãe com a filha na gangorra. Não havia outra criança brincando com ela. Percebi que a mãe colocou a filha lá no brinquedo exclusivamente pra tirar uma foto. Quando não tem com quem brincar, eu coloco João na gangorra e vou pro outro lado ficar empurrando o brinquedo.

A menina estava visivelmente de mau humor, não queria estar ali em cima da gangorra. A mãe segurava a menina e com o iPhone na mão, tentava a todo custo tirar uma selfie. Certamente iria postar no Instagram e mostrar aquele lindo momento em família onde sua filha se divertia e ela presenciava o momento.

WP_20140831_019

Pena que nem a criança estava se divertindo, nem a mãe estava ajudando. Ela estava preocupada apenas em mostrar uma foto fake, que a menina sequer queria tirar. O ego e a vontade de se expor são mais importantes que brincar com a filha. e essa mãe trabalha fora durante a semana, o fim-de-semana é o momento de estar com a criança e ela usa o tempo pra fazer esse tipo de coisa ridícula.

É natural querer tirar fotos dos filhos e com os filhos, eu faço isso constantemente. Mas eu tento me inserir no momento deles, participo e quando dá eu bato a foto. Não fico forçando situações pra conseguir uma foto bonitinha em detrimento da diversão ou da alegria dos meus filhos. A filha é dela, ela cria como quer e faz o que bem entender, mas não deixa de ser deprimente essa atitude. Me lembra muito essa tirinha aqui:

the-truth-about-instagram

Brincar no parque é um momento de diversão e de contato próximo com seus filhos. Aproveite esse precioso tempo porque quando passar, será tarde demais. Os momentos de verdade ficam gravados na memória. As fotos ajudam a recordar, mas o cuidado e o lazer vem antes da vontade de se expor.

Comentários

comentários

Comments (2)
  1. Henrique 31/08/2014
  2. Bia 31/08/2014

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *