Diário da Gravidez #2 – Sexo do bebê, ultrassom e nomes

As primeiras semanas de gravidez são um misto de euforia e tensão. Euforia pela descoberta incrível que é saber que vai ser pai. Tensão esperando o primeiro ultrassom pra saber se está tudo bem com o bebê, ou com os bebês. Por mais que a gente tente se manter calmo e positivo, é inevitável a ansiedade principalmente pra saber logo se a gravidez é saudável e se correrá de forma tranquila. O ideal é marcar o ultrassom e o primeiro pré-natal o quanto antes, assim que a gravidez for descoberta. Um acompanhamento médico de qualidade é fundamental pra uma gestação saudável.

gravidos

Para os futuros papais, é a hora de ser companheiro e acompanhar a esposa. Nem sempre isso é possível por conta do trabalho, mas tente fazer o possível para estar presente nesses momentos. Acredite, o primeiro ultrassom é uma das visões mais maravilhosas que você terá em toda a sua vida. Vai ser possível ver aquele carocinho de feijão de milímetros de comprimento já com o minúsculo coraçãozinho batendo forte e rápido, assim como o seu baterá quando vir. Não há descrição que defina com detalhes suficientes essa emoção. Acredite em mim, você não vai querer perder isso.

Exames e consultas médicas não são a coisa mais divertida do mundo, mas demonstrar interesse nessa fase dá mais segurança a sua mulher grávida e a deixará mais tranquila, pois ela vai saber que pode contar com você. Isso ajuda muito a ter uma gravidez saudável e sem sustos. Procure se informar, saber das coisas, lembre as datas das consultas, vá junto, pergunte, tire suas dúvidas… É o seu filho, afinal de contas.

Hoje em dia, com 8 semanas de gravidez já é possível saber o sexo do bebê através do exame de sexagem sanguínea. Em geral não é um exame barato, mas para quem quer saber logo o sexo e já planejar o enxoval é uma boa opção. Para os menos apressados, lá pelas 16 semanas já vai dar pra ver o sexo pelo ultrassom, isso se o neném não der uma de tímido e se esconder das câmeras!

Meu primeiro filho, João, ganhou esse nome em homenagem ao avô materno, que foi um homem pobre e simples, porém grande. Como ainda não sabemos o sexo do segundo, ficamos naquela brincadeira de imaginar nomes e por enquanto estamos entre Joaquim, se for menino e Manuela ou Cecília, se for menina. Mas nada está definido, ainda escolheremos outras opções.

E você? Como se sentiu quando viu o primeiro ultrassom? Já escolheu o nome do neném? Se já tem filhos, o que te levou a escolher os nomes deles?

Comentários

comentários

Comments (3)
  1. Rodrigo Zaratin 04/12/2013
  2. Juliana 04/12/2013
  3. Emília Oliveira 04/12/2013

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *